SERTESP - Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado de São Paulo

Sindicato das Empresas de Rádio e
Televisão no Estado de São Paulo

Notícias SERTESP

Desafios e oportunidades da transformação digital em destaque no Fórum de Lisboa

Acadêmicos, juristas, empresários, parlamentares, ministros dos tribunais superiores e representantes do governo federal participaram, ao longo da semana, do XII Fórum de Lisboa, em Portugal, promovido pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP). A abertura teve a presença do ministro do Supremo Tribunal Federal e um dos fundadores do IDP, Gilmar Mendes.

Durante três dias, autoridades do Brasil e da Europa debateram os avanços e recuos da globalização, as transformações jurídicas, políticas, econômicas e digitais.

O presidente da ABERT, Flávio Lara Resende, participou do painel “Transformação digital: desafios e oportunidades”, nesta sexta-feira (28).

“A transformação digital é uma necessidade estratégica para as organizações empresariais que pretendem não apenas sobreviver, mas prosperar em um mundo cada vez mais digitalizado. Os impactos desta transformação são sentidos em todas as esferas, sejam de natureza social, econômica ou política. Nos modelos de negócios regulados, temos ainda a dificuldade de equilibrar a preservação da inovação, que impulsiona, cria e aprimora novos produtos e serviços, com o mercado competitivo, que deve ter regras modernas e claras que permitam a equidade na concorrência e que não prejudique outros modelos de negócios relevantes”, afirmou.

Lara Resende ressaltou os investimentos feitos pelas emissoras brasileiras com a mudança de hábitos de consumo do rádio e da TV no Brasil.

“Esse movimento exige investimentos massivos em tecnologia pelas emissoras. E vocês devem imaginar o tamanho deste desafio, sobretudo porque estamos falando de empresas nacionais, que não possuem economia de escala, num segmento de mercado cuja competição envolve grandes conglomerados e plataformas internacionais de mídia. Além de todo esse investimento em tecnologia, as emissoras ainda não podem deixar de lado o seu principal ativo: o conteúdo de qualidade, nacional, feito por brasileiros e para brasileiros, desde obras jornalísticas às produções de entretenimento”, pontuou.

Também participaram do painel, com moderação da doutoranda Luana Barroso, a presidente do CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil), Renata Mielle, o conselheiro do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), Victor Fernandes, o diretor de Relações Governamentais do Google Brasil, Marcelo Lacerda, o presidente da BB Asset, Denísio Liberato, o professor da Unione Nazionale Avvocati per la Mediazione e da Libera Università Internazionale Studi Sociali, Andrea Marighetto e o advogado Sérgio Alves.

fonte: ABERT

DESTAQUE SERTESP - 23/05/2024

COMUNICADO A TODAS AS EMISSORAS DE RÁDIO, TELEVISÃO E PRODUTORAS

Pular para o conteúdo