SERTESP - Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado de São Paulo

Sindicato das Empresas de Rádio e
Televisão no Estado de São Paulo

Notícias SERTESP

Eficácia do horário eleitoral gratuito divide especialistas

31 de Julho de 2008 – A televisão será decisiva na campanha para a prefeitura da cidade de São Paulo, podendo alterar o atual quadro de polarização entre os candidatos Marta Suplicy (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB)?

A campanha do prefeito e candidato à reeleição Gilberto Kassab (DEM) aposta todas as suas fichas no “sim”. Já entre os especialistas as opiniões divergem. Para o cientista político Cláudio Couto, professor da PUC/SP e da Fundação Getúlio Vargas, a disputa pela prefeitura de São Paulo deve ficar entre Marta Suplicy (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB). Sem chances para Kassab, nem com o início da propaganda eleitoral gratuita de rádio e televisão.

“A eleição tem uma dimensão conservadora. Kassab nunca disputou um cargo majoritário e o eleitor não vai trocar o certo pelo duvidoso. Essa é a diferença entre o prefeito e seus adversários,” diz.

Rubens Figueiredo, diretor do Centro de Pesquisa, Análise e Comunicação (Cepac), pensa um pouco diferente. Para ele, com o maior tempo de televisão no horário eleitoral gratuito (8m30s), o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), candidato à reeleição, deverá subir nas pesquisas de intenção de voto a partir de 19 de agosto. “Se ele chega ao segundo turno, ainda é prematuro dizer”, diz o cientista político, autor do livro Marketing Político em tempos modernos, recém-lançado.

Ele avalia que o fato de o prefeito democrata ter mais tempo, obras para mostrar e a máquina pública, deverá fazer a diferença.

Enquanto o horário eleitoral não chega – só a partir do dia 19 – o debate de hoje à noite na rede BandNews deverá ser uma boa amostra de como os candidatos vão funcionar diante das câmaras.

(Gazeta Mercantil/Caderno A – Pág. 8)(Sandra Nascimento e Fernando Taquari Ribeiro).

DESTAQUE SERTESP - 23/05/2024

COMUNICADO A TODAS AS EMISSORAS DE RÁDIO, TELEVISÃO E PRODUTORAS

Pular para o conteúdo